sábado, 7 de novembro de 2009

Nívea Stelmann contrata motoqueiro para levá-la do Projac até a Gávea


Fonte:
Jornal Extra




Quem pensa que vida de ator é mole deveria acompanhar a rotina de
Nívea Stelmann. No ar em “Cama de gato” como a vilã Kátia e, em cartaz, de quinta a domingo, com a peça “Um lugar chamado recanto”, no Teatro Clara Nunes, a moça descolou uma maneira criativa de não se atrasar: ela contratou um motoqueiro para levá-la do Projac ao Shopping da Gávea.

“Tenho saído do estúdio por volta das 19h30m, 20h, e preciso chegar rápido no teatro porque minha caracterização demora. Quando ia de carro, ficava duas horas no trânsito. Agora, chego em meia hora", conta Nívea, que sobe ao palco às 21h.

Para a aventura, Nívea se preocupa até com a roupa que veste: saias não saem do armário às quintas e sextas, dias em que ela prioriza jeans e sapatos baixos. “Saio tão esbaforida que, quando chego, quase não preciso de maquiagem para fazer a Zizinha, brinca Nívea, referindo-se à feiosa que vive no teatro.



Um comentário:

Monique disse...

q maneh taxi...o lance eh moto kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk