segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Nívea Stelmann: 'Pedi para ficar horrorosa'


Fonte:
O Dia Online

Atriz abre mão da vaidade e se enfeia para viver a rancorosa Zizinha do musical ‘Um Lugar Chamado Recanto’


A costumada a chamar a atenção na TV e nos palcos com sua beleza morena, Nívea Stelmann encara desde o início do mês um desafio inédito na carreira: ficar feia. No papel da amargurada Zizinha, protagonista do musical ‘Um Lugar Chamado Recanto’ — em cartaz no Teatro Clara Nunes, Gávea — a atriz de 35 anos se esconde sob a maquiagem que a transforma em uma espécie de Frida Kahlo do sertão mineiro.



Lápis vermelho embaixo dos olhos para ressaltar os efeitos do choro constante, sobrancelhas unidas, buço visível e tranças pesadas presas no cabelo dividido ao meio são alguns dos subterfúgios usados para que Nívea se transforme em Zizinha. E, para surpresa de toda a equipe, a atriz amou a caracterização de Fabíola Xavier. “Eu adorei o resultado. Queria que as pessoas olhassem e se perguntassem: ‘Será que é ela?’. Acho que a gente conseguiu. Geralmente a vaidade fala um pouco mais alto, ninguém quer ficar feia. Mas eu pedi para ficar horrorosa. Ser atriz é abrir mão de tudo, não sou eu ali, é a Zizinha”, explica.

No espetáculo, que tem outros 16 atores e cantores em cena, Nívea é a única que não canta as músicas compostas pelo diretor Fred Mayrink. Mas, segundo a atriz, a culpa é de Zizinha: “Eu não sou cantora, mas também não sou desafinada. Só que ela é tão preenchida de sentimento, de boa caracterização, que seria muita exibição bater o pé só para dizer que eu canto. Aí é a hora da humildade”.

Vivendo a vilã Kátia, da novela ‘Cama de Gato’, Nívea está feliz com a oportunidade de fugir da mocinha nos dois trabalhos: “É instigante fazer um papel que não é o da gente boa, da bonitinha da história. As duas têm em comum a maldade, mas são muito diferentes. A Zizinha é muito invejosa, tem rancor, uma falta de amor muito grande, foi preterida pela vida. Já a Kátia é do mal porque é malandra, quer se dar bem, tem mais jogo de cintura”.

E a Nívea, tem jogo de cintura suficiente para conciliar a peça, a novela, o filho de 5 anos e o namoro com o ator Thierry Figueira? “Eu gosto do que eu faço e isso já é meio caminho andado. Óbvio que tenho dormido pouco, mas continuo malhando, levando meu filho na escola, namorando”.

Mesmo louca para ser mãe novamente — “já estou com 35, né?” —, Nívea não pensa em se casar pela terceira vez. Ou, ao menos, não agora. “Eu aprendi com a vida a não fazer planos. Casamento para mim tem um significado diferente do que tinha. Tanto que só conto o primeiro (com o ator Mário Frias), porque o segundo foi só decepção. Eu não guardo mágoa, sei separar as coisas, mas a palavra casamento não me traz boas lembranças”, diz.

Contudo, a atriz não morreu para o romantismo. “Thierry é um príncipe e eu espero que nosso amor dure toda a eternidade”, derrete-se.


Um comentário:

Monique disse...

Ficar feiaa!??!
olha q isso eh impossivel com a ni...

mas a zizinhaaa deu uma caprichada das boas hahahaha...
mas tb só a carga pesada q ela passa ja deixa ela uó do borogodó rs...